CONVITE ESPECIAL: DE VOLTA À ESCOLA
INICIATIVA 100 MILHÕES POR 100 MILHÕES NO BRASIL

15 de outubro de 2017

Prezada (o) Diretora (o)
Prezada (o) Estudante
Prezada (o) mobilizadora (o) social
É com grande satisfação que encaminhamos a você e à sua escola um convite especial. Esta mensagem é um chamamento feito a você pelo ativista indiano, Kailash Satyarthi, que ganhou o Nobel da Paz de 2014 juntamente com a paquistanesa Malala Yousafzai. Satyarthi libertou mais de 80 mil crianças de diversas formas de escravidão e promoveu a reintegração, reabilitação e educação dessas crianças.

Convidamos você para fazer uma pausa especial para ler este documento. Você pode parar o está fazendo só por alguns instantes? A garotinha Devli, desde muito pequena, foi submetida a uma situação de extrema exploração, violência e pobreza em uma pedreira na Índia. Ela e seus pais trabalhavam todos os dias, até a exaustão, quebrando pedras. Aos 8 anos de idade, extremamente fragilizada, a pequena foi resgatada daquela situação de trabalho forçado por Kailash Satyarthi, Nobel da Paz. Ainda no carro, minutos depois após o resgate, ela olhou nos olhos do Nobel e perguntou: Por que você não chegou antes?

Essa pergunta da menina, segundo Kailash, até hoje o faz tremer e o tem movido a fazer um chamamento aos cidadãos de todo o mundo para se mobilizarem contra todas as formas de violência a que são submetidas crianças e adolescentes. É inaceitável que em todo mundo mais de 100 milhões de crianças, assim como a pequena Devli, vivam em situação de extrema pobreza, sem acesso à saúde, à educação e à alimentação, em situação de trabalho infantil e em completa insegurança.

É por essa razão que o Nobel clama por urgência e cria a Iniciativa Global 100 milhões por 100 milhões. Você que está lendo este convite agora pode ser uma das 100 milhões de pessoas a abraçar a iniciativa criada por Kailash e salvar uma, duas, milhares e até centenas de milhões de crianças em todo o mundo! Essas vítimas podem estar ocupando as cadeiras de sua escola ou, mais gravemente, estarem fora delas, vivendo uma situação de extrema exploração.

Podem morar no seu bairro ou serem exploradas não tão longe da sua escola.
Você também pode ser o grande mensageiro do Nobel da Paz para mobilizar em sua escola, em sua comunidade, em sua cidade e em seu país, dezenas, centenas, milhares e milhões de pessoas que vão lutar para acabar de vez com essa situação de extrema exploração de crianças e adolescentes em todo o mundo.

A mobilização 100 Milhões por 100 Milhões é uma iniciativa global do Nobel da Paz, Kailash Satyarthi, coordenada no Brasil pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, com parceria temática do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) e conta também com coordenação jovem. “Nenhuma fronteira consegue ser intransponível diante do poder dos jovens”, disse o Nobel da Paz no lançamento da iniciativa no Brasil no dia 12 de junho em Brasília. Seguindo essa máxima, é que este convite chega a você para nos apoiar diretamente a mobilizar jovens em todo o Brasil.

Juntas e juntos assumimos o desafio de apoiar a maior mobilização da juventude na história, juntas e juntos para mudar essa grave situação agora, para que cada criança e cada adolescente tenha garantidos os seus direitos. Finalizamos este convite com a parábola do Beija-Flor sempre citada pelo Nobel quando questionado se a sua luta valeu ou tem valido a pena.

“O Beija-Flor, ao ver a floresta pegar fogo, voou em direção às chamas levando água em seu bico. Então, o Leão lhe disse que era impossível apagar o fogo com um bico tão pequenino. O Beija-Flor respondeu: “Por menor que seja o meu trabalho, eu vou fazer a minha parte”. Que sejamos beija-flores na iniciativa 100 milhões por 100 milhões”.

Contamos com você! Como participar? Dê o primeiro passo. Faça a adesão à iniciativa 100 milhões para a participação na atividade “De Volta à Escola”, preenchendo este formulário e comprometendo-se a realizar a atividade. Ao aderir, você receberá um material especial com sugestões de atividades a serem realizadas pelos jovens da sua escola, além de estar conectado com uma plataforma global de engajamento pelos direitos das crianças e dos adolescentes.

PARTICIPE, CADASTRE-SE